Crisma

Jovens e adultos recebem o sacramento do Crisma na Paróquia do Verbo Divino

CrismaEste sábado foi dia de 42 jovens e adultos crismandos entrarem na maturidade da fé. Sob presidência de Dom Valdir Mamede, eles celebraram o primeiro domingo do advento recebendo o sacramento do Crisma. “Por meio da criança que nos sorri na gruta de Belém, nós somos alcançados pela Misericórdia de Deus, desejando tempos novos. Advento é tempo de expectativa”, esclareceu o bispo auxiliar da Arquidiocese de Brasília.

Entre os crismandos estava Maria do Socorro Lima Castelo, de 55 anos. Enquanto esperava para ser ungida com óleo de oliveira abençoado, ela chorava, emocionada. “Eu escolhi a Igreja Católica desde criança. Meus pais não tinham religião e eu procurei ser batizada aos 10 anos, mas durante e depois da minha adolescência acabei me afastando da Igreja e voltei agora graças à minha madrinha e amiga, Sueli Mendoça. Para mim é muito importante estar aqui, reiniciando minha caminhada. No ano que vem pretendo ajudar mães que decidiram não abortar. Vai ser um trabalho lindo”, conta ela animada! E detalhe: a madrinha dela veio de Maceió, em Alagoas, só para acompanhar a afilhada.

Não é uma história inspiradora? É como disse Dom Valdir: “O Senhor retornará glorioso no fim dos tempos e nós temos que preparar este retorno. Por isso, atenção às outras ‘vindas’ do Senhor que passa por nós no rosto desfigurado do nosso irmão”. É ao trabalho de caridade que todos os leigos são chamados, nas pastorais, movimentos ou serviços.

A crismanda Susana Santos, de 32 anos, dá uma lição de participação. Depois de passar por um doloroso processo de depressão em Paulo Afonso, na Bahia, ela veio para Brasília a trabalho e se redescobriu na Paróquia do Verbo Divino. Crisma“Eu não sabia que eu sabia cantar, descobri isso aqui depois de ser muito bem acolhida na paróquia e no Ministério de Música. Eu tive uma catequese fraca e sempre achei os assuntos da Igreja chatos, mas aqui entendi que muitos jovens pensam como eu pensava e descobri que minha missão é não deixar que os jovens saiam da Igreja”, explica ela emocionada.

Um sim a Deus dado por uma crismanda mesmo antes de receber o sacramento! E é assim que deve ser, principalmente com os jovens. E o exemplo vem de casa. No último banco da igreja, um casal não se cabia de tanta emoção e orgulho. Eram Lídia Souza dos Santos do Nascimento e William César do Nascimento. “Estou muito emocionada porque muitos desses crismandos de hoje foram meus alunos na catequese, enquanto eu era catequista. Além disso, meu filho está lá entre eles”, disse Lídia limpando os olhos enquanto Rodrigo Souza do Nascimento, de 14 anos, recebia o sacramento do Crisma. Os pais são Ministros da Eucaristia e o filho tem todo o perfil para fazer parte dos Proclamadores da Liturgia, depois da 1ª leitura, não tem?!

E ainda havia muitas histórias escondidas entre os crismandos que não caberiam no tamanho desta reportagem, mas pode ter certeza que cada um tem seu espaço garantido entre os leigos da paróquia. O convite foi feito pelo próprio Padre Denzil: “Venham participar das pastorais, serviços e ministérios. Não deixem de trabalhar e se doar para a Igreja”. Maduros na fé e depois de confirmar seus batismo perante o bispo, é hora de botar a mão na massa!

VEJA MAIS FOTOS DESSE MOMENTO ÚNICO E TÃO ESPECIAL PARA OS CRISMANDOS.

 

 

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *