Cerco de Jericó

Esse é o jeitinho brasileiro…

“O mundo está em paz? Será que você está em paz? Se o mundo estivesse na Paz de Cristo, certamente não estaria como está”. De forma incisiva, padre Márcio Teodoro, do Santuário Dom Bosco, deu início à Missa da Justiça e da Paz.

Na celebração foi lida a passagem que está em Mateus 5,1-12, ou seja, as bem aventuranças. O padre explicou que nesse momento Jesus senta com os seus discípulos e os encoraja para que tenhamos uma sociedade de Justiça e Paz. E sim, quando Jesus senta pra conversar é porque ele tem algo muito mais importante a dizer de modo que Ele pede a todos nós que sejamos sal e luz do mundo “porque devemos ‘iluminar’ onde passamos, por meio do Batismo, para cumprirmos a nossa vocação cristã”.

Cerco de JericóPadre Márcio lembrou São Francisco de Assis quando disse “Senhor, fazei de mim instrumento de vossa paz”, clamou a todos para que façamos a diferença na sociedade, como Francisco fez (e faz), e pediu que promovamos o bem em todos os ambientes, não apenas na Igreja! “Não devemos apenas cobrar dos governantes a paz e outras benfeitorias senão tivermos a iniciativa de fazer o mesmo. A construção de um mundo novo não começa em outro lugar senão em nossa casa. Infelizmente, o ‘jeitinho brasileiro’ toma conta de nosso país e colabora com a desonestidade, com a injustiça, com a desigualdade social e com a violência!”, disse o celebrante.

Disse, também, que, infelizmente, as pessoas só pensam em se saciar tendo um forte egocentrismo e fez memória a São Pio de Pietrelcina, santo que aceitava, veementemente, sua cruz porque ao “abraçarmos a cruz”, o mal se afasta. “Quem melhor abraçou sua cruz? Jesus Cristo. Você quer Justiça e Paz? Quer mesmo? Então abrace sua cruz para que não sejamos mais um na sociedade a repetir o sistema injusto que trás diferenças”, concluí padre Márcio.

VEJA MAIS FOTOS.

 

 

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *