Missa de Envio e Almoço de Confraternização das Pastorais, Ministérios, Movimentos e Serviços – 10 de fevereiro de 2019

“Aqui estou! Envia-me”

Hoje, 10 de fevereiro, para abrir as atividades do ano de 2019, foi celebrada a “Missa do Envio” dos membros das Pastorais, Ministérios, Movimentos e Serviços da Paróquia do Verbo Divino.

Em sua homilia, Pe. Denzil nos relembrou que na história da humanidade Deus sempre tem chamado as pessoas para serem Sua Voz no meio do povo. No Antigo Testamento: Abraão, Moisés, todos os Profetas. No Novo Testamento, Maria – mãe de Jesus, João Batista, os Apóstolos, Paulo, dentre tantos outros. Ainda hoje Deus nos chama para sermos Sua Voz na sociedade.

Com relação às leituras, Pe. Denzil nos falou dos 3 passos do Chamado de Deus.

Os PASSOS DA VOCAÇÃO:
– A iniciativa é sempre de Deus
– A primeira reação é sempre a mesma: “não sou capaz”. “Não sou digno”.
– Mas quando nos colocamos numa atitude de disponibilidade, Deus nos purifica e fortalece, e acabamos dando conta do recado.

Vejamos:

1ª Leitura: O chamado de Deus para Isaías:

1º passo: O chamado: Isaías tem uma visão e se sente chamado por Deus, faz uma experiência do chamado de Deus.

2º passo: Isaías se considera como sendo uma pessoa de lábios impuros para levar a Palavra de Deus.

3º passo: Na visão, uma brasa toca seus lábios e Deus o santifica e fortalece para ser um Profeta e Isaías proclama: “Estou aqui, envia-me”.

2ª Leitura: O chamado de Deus para Paulo que, ao falar da fé no ressuscitado, cita o exemplo do seu próprio chamado:

1º passo: Paulo recebe o chamado. (Ref. O próprio Senhor resolve convertê-lo quando da aparição em Damasco)

2º passo: Paulo se considera como um “abortivo” como um indigno de ser chamado de Apóstolo

3º passo: Também manifesta sua disponibilidade, sua experiência, se sente chamado por Cristo e, como sabemos, se torna um dos maiores evangelizadores da igreja.

Evangelho: O chamado dos Apóstolos, na pessoa de Pedro:

1º passo: O Chamado: Jesus diz a Pedro: “Avança para águas mais profundas”

2º passo: Manifestação da fragilidade de Pedro: “Senhor afasta-te de mim, porque sou um pecador”

3º passo: Jesus disse a Pedro: “Não tenhas medo! de hoje em diante tu serás pescador de homens”.

A barca representa a comunidade, representa a Igreja. Essa barca somos nós. Também em nosso chamado acontecem os 3 passos, assim como aconteceu no chamado de Isaías, no chamado de Paulo e no chamado dos Apóstolos.

Nossa principal vocação é sermos Cristãos. Primeiro, ser cristão é estar na barca de Jesus, estar na comunidade, na Igreja. Segundo, ser cristão é escutar a proposta e os ensinamentos de Jesus. Terceiro, como Cristãos, devemos reconhecer que Jesus é o Senhor de nossas vidas, de nossa comunidade. Quarto, como Cristãos, devemos aceitar e acolher a Sua proposta. E, por último, como cristão, devemos largar tudo e seguir a Jesus. Largar TUDO o que é obstáculo e que nos impede de ser verdadeiros cristãos.

Nossa vocação é de sermos cristãos na família, no trabalho e na sociedade.

Ao final, Pe. Denzil convidou a cada um dos integrantes das Pastorais, Ministérios, Movimentos e Serviços para fazer a renovação do compromisso de ser cristão, de ser comunidade, de ser igreja e convidou aos demais membros da comunidade para se sintam chamados a fazer parte de um dos 37 grupos existentes na paróquia.

Eis-me aqui Senhor, eis-me aqui Senhor! Prá fazer sua vontade, pra viver no seu amor, prá fazer sua vontade, prá viver no seu amor, eis-me aqui, Senhor!!!

Às 12h, no Salão da Paróquia, Pe. Denzil fez o agradecimento a todos os envolvidos na realização do almoço de confraternização e, após a oração e bênção sobre os alimentos, abriu os serviços do Buffet para a comunidade que, mais uma vez, atendeu prontamente ao convite para prestigiar mais esse belíssimo evento.

Confira aqui as fotos

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *