Ação Social do VII Cerco de Jericó une Adoradores e Vicentinos!

Ação Social do Cerco de Jericó

Ação Social do Cerco de Jericó

Neste sábado, 1º de outubro, representantes dos  Adoradores e dos Vicentinos reuniram-se após a Missa das 18 horas, na Sala de Liturgia, para a entrega dos gêneros alimentícios recolhidos durante o evento VII Cerco de Jericó na Paróquia, ocorrido entre 22 a 29 de setembro.

Com muita simplicidade, porém tomados de grande  alegria,  todos os presentes se uniram em oração e agradeceram a Deus pela oportunidade de serví-Lo por meio dessa Ação Social do VII Cerco de Jericó, quando foram recolhidos gêneros alimentícios para serem destinados às famílias assistidas pelos Vicentinos.
A Ação Social decorre do Lema dos Adoradores “Entrar para Adorar e Sair para Servir” e proporciona que todos os que se encontram clamando por graças, também se lembrem dos necessitados e se convertam nesse momento de Ação Concreta e de ajuda ao próximo.As Obras de Misericórdia tiveram destaque nos Roteiros dos Cercos de Jericó  deste Ano Santo da Misericórdia e reforçaram o significado da Ação Social: “dar de comer a quem tem fome”.

Missa da Vitória encerra o VII Cerco de Jericó

5

A Missa da Vitória desta quinta-feira (29) encerrou o VII Cerco de Jericó. A celebração foi aberta com a Adoração do Santíssimo Sacramento.

Missa da Vitória

Intenções do VII Cerco de Jericó

Também foi comemorada a festa dos Santos Arcanjos Miguel, Gabriel e Rafael. Pe. Denzil lembrou aos paroquianos que Santo Arnaldo Jansen era devoto dos anjos e que todos verbitas o seguem nesta devoção.

“São Miguel, cujo nome significa ‘Quem como Deus?’ é o defensor dos amigos de Deus, o protetor de seu povo. São Gabriel é o anunciador das boas notícias e São Rafael significa ‘Deus cura’”, explicou o padre. Além dos três Arcanjos, Pe. Denzil chamou a atenção para o anjo da guarda, a quem devemos rezar sempre.

Do Evangelho, o padre explicou que se extrai a mensagem de que devemos vencer os preconceitos. Natanael não acreditava que pudesse sair nada de bom de Nazaré, mas foi visto como um homem bom por Jesus que lhe retirou este preconceito. “Assim nós também devemos vencer nossos preconceitos, sobre as verdades da fé e sobre nossos semelhantes. Devemos reconhecer neles o próprio Deus presente e ser misericordiosos”, ensinou o padre.

52Depois da missa, em procissão com velas acesas, os fiéis queimaram as intenções escritas durante o Cerco e elas subiram ao céu. “Devemos ficar atentos: Deus nem sempre dá aquilo que pedimos, mas aquilo de que necessitamos”, lembrou a coordenadora do Movimento de Adoração e Intercessão, Lígia Maria.

Agora que o Cerco acabou, lembre-se de que a Adoração é um hábito que deve continuar entre os cristãos. Na Paróquia do Verbo Divino tem adoração todas as segundas, quartas e sextas, às quintas-feiras tem um momento de adoração e oração após a Missa das 19h. Toda primeira sexta-feira do mês também tem adoração durante todo o dia. Venham adorar o Senhor que derruba as muralhas de nossos impossíveis! Jesus, eu confio em vós!

Você também quer ser um adorador? Entre em contato com a gente por meio do email cercodejericopvd@gmail.com.

Vai ser muito bom contar com você!

 

Experiência de Oração – Tema: Sede misericordiosos como vosso Pai é misericordioso. Lc 6, 36


Experiência de Oração - Convite 24 e 25.9.2016 PVD

O Grupo de Oração Verbo Divino e a Renovação Carismática Católica do Distrito Federal realizaram, nos dias 24 e 25 de setembro, no mezanino do salão de festas da paróquia, uma Experiência de Oração – com o tema: Sede misericordiosos como vosso Pai é misericordioso. Lc 6, 36

Motivação : O encontro pessoal com Jesus Cristo, conduzido pelo Espírito Santo, era o centro da vida das primeiras comunidades cristãs, e deve ser o centro de toda renovação espiritual. O que acontecia no início do cristianismo, se repete hoje na vida de quem se abre a este encontro com Deus que está a nos esperar…

Confira as fotos desse especial momento de oração e louvor.

PRIMEIRA MISSA EXTRAORDINÁRIA DO VII CERCO DE JERICÓ NA PARÓQUIA

Missa da Família - VII Cerco de Jericó na paróquia

Missa da Família – VII Cerco de Jericó na paróquia

“As pessoas da nossa  família são o nosso ‘próximo mais próximo’. E se buscamos a Misericórdia devemos exercê-la em primeiro lugar com os que estão ao nosso lado.” Assim Padre Eudes, exortou a todos os presentes à primeira Missa Extraordinária do VII Cerco de Jericó na Paróquia.

 

O Pároco da Paróquia S.Miguel Arcanjo e Santo Expedito, José Eudes da Cunha, iniciou a sua Homilia lembrando que estamos no mês da Bíblia, e falou da importância da Palavra de Deus e da leitura bíblica em cada família, onde os pais devem dar bom exemplo para os filhos incentivando a Leitura e a Escuta da Palavra.

Ressaltou ainda o valor da Oração em família lembrando que será ouvido por Deus na sua oração aquele que honra o seu pai (1ª. Leitura – Eclo 3,4),

O Celebrante fez ainda uma especial Oração de Súplica pelas famílias e ao final aspergiu água benta sobre todos os presentes. Encerrou a sua participação expondo o Santíssimo na Capela, para onde se dirigiram os Adoradores da madrugada.

Missa da Família - VII Cerco de Jericó na paróquia

Missa da Família – VII Cerco de Jericó na paróquia

 

O VII Cerco de Jericó terá mais 6 missas, conforme programação abaixo. Não perca essas bençãos.

DIA 23/09 (6ª.f) – MISSA DA SAÚDE (Bênção da Saúde)

 

DIA 24/09 (Sáb) –  MISSA DO PERDÃO (Bênção da Libertação)

 

DIA 25/09 (Dom) – MISSA DA ALEGRIA (Bênção da Alegria)

 

DIA 26/09 – (2ª.f) – MISSA DA ESPERANÇA (Bênção da Consolação)

 

DIA 27/ 09 – (3ª.f) – MISSA DA JUSTIÇA E PAZ (Bênção da Paz)

 

DIA 28/09 – (4ª. f) – MISSA DA SALVAÇÃO (Bênção da Misericórdia)

VII Cerco de Jericó inicia-se com a Missa de Abertura!

BUSQUEMOS CONHECER JESUS

 

“Despir-se das vaidades e buscar ver o rosto de Jesus”. Esta foi a mensagem que o Pe. Denzil enfatizou na Missa de Abertura do VII Cerco de Jericó, nesta quinta-feira (22). Com foco na Misericórdia Divina e iluminado pelo Evangelho de São Lucas (Lc 9,7-9), o padre pediu para que os fiéis participantes do Cerco meditem nestes 7 dias e 7 noites sobre quem é Jesus. “Qual é o rosto de Jesus? O que é a Misericórdia?”, questionou durante a homilia.

Pe. Denzil pediu que os fiéis observem suas próprias ações e clamem pela derrubada das muralhas do egoísmo e das dificuldades de conviver com o outro. “Ser misericordioso é reconhecer Jesus no rosto do outro que necessita de nós. É saber acolher quem é diferente”, afirmou Pe. Denzil.

Ele lembrou também o poder da oração e frisou que o Cerco de Jericó é uma batalha espiritual contra o mal. Por isso, ninguém deve se deixar consumir pelos problemas diários, principalmente no trabalho dentro da Igreja. Logo após a missa, teve adoração ao Santíssimo Sacramento e o início da batalha de orações do VII Cerco de Jericó.

E logo mais, à meia-noite, tem a primeira Missa Extraordinária a Missa da Família! Venha participar e receber bênçãos sobre a sua família!

Veja as imagens.

“Sem combate espiritual de nada adianta o combate físico” – Padre Xavier nos revela mistérios da Misericórdia Divina.

MISERICÓRDIA É DAR AO OUTRO UM BEM QUE ELE NÃO MERECE

A vingança de Deus contra o pecado e o mal é a misericórdia (Papa Emérito Bento XVI)

Padre Xavier na Paróquia do Verbo Divino

Padre Xavier na Paróquia do Verbo Divino

Neste sábado (17), o Pe. Antônio Xavier, mestre em Exegese e Arqueologia Bíblica da CNBB e missionário da Canção Nova, apresentou a palestra “O que diz a Bíblia sobre a Misericórdia?”, na Paróquia do Verbo Divino. Ele explicou que a Misericórdia é como o sentimento da mãe para com o filho quando o carrega no colo. A Misericórdia não depende de quem a recebe, mas de quem age e os instrumentos que levam a Misericórdia de Deus aos outros são as próprias pessoas.

Mas antes de abrir o tema da Misericórdia propriamente dito, o Padre fez os cerca de 30 participantes darem boas risadas com a história de São Jerônimo, o patrono dos biblistas, especialistas no estudo da Sagrada Escritura. Foi este Santo o responsável por escrever a Vulgata, primeira tradução oficial da Bíblia para o latim.

Uma das dificuldades de São Jerônimo era traduzir o conteúdo original da Bíblia escrito em hebraico para o latim de maneira que fizesse sentido. E qual é o conteúdo da Bíblia? “Muitos pensam que a Bíblia é a Palavra de Deus, mas, na verdade, ela contém a Palavra de Deus”, explicou o Pe. Antônio Xavier. Ela é um misto da revelação de Deus e de Sua palavra. Um grande diálogo de misericórdia dEle para com seu povo. A Bíblia instrui a aprender com os erros para conhecer a Deus.

E para saber quem é Deus é preciso entender o que é a misericórdia. O Pe. Antônio Xavier traduziu este significado: “Misericórdia é dar ao outro um bem que ele não merece. Na prática, ninguém merece Misericórdia. Ela não depende de quem a recebe, mas depende de quem age. Deus não age com Misericórdia, Ele é misericordioso, faz parte do ser dEle. A Misericórdia é uma bondade intencional por parte de Deus, é consciente”.

Para chamar nossa atenção e nos levar a agir de forma misericordiosa, o padre esclareceu que Deus se vale de sinais, como as revelações que fez à Santa Faustina, a promessa da segunda vinda de Jesus e a própria Igreja. E o padre ainda lembrou: “quem não se abre à misericórdia, não a recebe”.

Dentre os instrumentos mais eficazes que Deus utiliza para mudar o coração do homem está a oração. Uma das mais fortes orações é a do rosário. Somada à adoração, ambas ajudam a derrubar as muralhas do impossível. É exatamente isso o que acontece no Cerco de Jericó. Deus é invocado para agir sobre uma situação extremamente difícil, como agiu em Jericó. Os sete dias de intensa oração do rosário e adoração são fonte de esperança e transformação de vida. “Sem combate espiritual de nada adianta o combate físico”, disse Pe. Antônio Xavier. E ele ainda conclamou: “quando você pensar que nada mais pode ser feito, já experimentou rezar?”

O Cerco de Jericó da Paróquia do Verbo Divino começa no dia 22. Já fez sua inscrição? Então, clique no AQUI.

Atentos, muitos acompanharam a palestra.

Atentos, muitos acompanharam a palestra.

Saiba mais

Durante a palestra, surgiu uma dúvida: o que é a chamada “leitura orante”?  O Pe. Antônio Xavier esclareceu que não é só abrir a Bíblia e sair rezando o primeiro trecho que encontrar. É compreender que a Sagrada Escritura contém orações do povo, absorvidas pela Igreja, como os salmos. Quando se reza um salmo, por exemplo, aquela oração passa a ser de quem a lê.

Por isso, é preciso compreender que a leitura da Bíblia possui quatro sentidos:

1)      Literal: é exatamente o que está escrito;

2)      Alegórico: é o significado que se dá àquilo que está escrito;

3)      Moral: é como agir depois de ter o encontro com Deus, que é a leitura da Bíblia;

4)      Anagógico: que remete à esperança que deve surgir em nós a partir da leitura que se faz.

Por tudo isso, leitura orante é contemplar e tirar um ensinamento para a vida pessoal. Não é um estudo da Sagrada Escritura, mas um confronto do que a Bíblia diz com a vida de quem a reza com ela.

 

Faça sua inscrição no Segue-me!

Os jovens de 16 a 23 anos de Brasília podem se inscrever até o dia 18 de setembro para o XXIX Encontro do Segue-me na Paróquia do Verbo Divino. O encontro será nos dias 28 a 30 de outubro e é uma grande oportunidade para vivenciar uma aproximação alegre e profunda com Deus Uno e Trino.

O Segue-me é um movimento criado em Brasília, que visa a despertar neles o interesse pelos ensinamentos de Cristo, estimulá-los a conviver com a comunidade e a engajar-se nas pastorais. O encontro também propicia o diálogo com  colegas e, especialmente, com seus pais e familiares. A partir do encontro, são realizadas reuniões periódicas de aprofundamento espiritual. Veja mais informações aqui.

As inscrições são feitas na Secretaria da Paróquia ou na saída das missas.

Peregrinação da Capelinha Missionária – 1/9/2016

IMG_0543Tríptico do Cristo da Missão – ou Capelinha Missionária – é um dos símbolos evangelizadores da Grande Missão Continental e representa o “Cristo do envio”. Esta obra do artista peruano Eduardo Velásquez, foi um presente do papa Bento XVI à Conferência de Aparecida.
Dom Sérgio da Rocha, Arcebispo Arquidiocese de Brasília, atendendo ao chamado da Igreja da América Latina para esse projeto missionário, no qual todas as dioceses do Brasil, à luz do Documento de Aparecida, são convocadas a viverem em estado permanente de missão, segue fazendo a peregrinação da Capelinha Missionária.
A Capelinha foi carinhosamente recebida em nossa Paróquia do Verbo Divino no dia 5 de agosto, em missa solene, trazida por membros da Paróquia Santa Terezinha, de Taguatinga Norte, permanecendo até o final do mês de agosto.
Dando sequência às Visitas Pastorais, ontem, 1º de setembro, a Capelinha foi entregue aos cuidados da Paróquia N. Srª. Aparecida, localizada na Fercal, onde foi recebida com muita alegria por aquela comunidade.
O Tríptico do Cristo da Missão – ou Capelinha Missionária, seguiu em sua peregrinação, porém os frutos não se encerram com a sua partida. É necessário continuar a ouvir o clamor daqueles que sofrem e passam por algum tipo de necessidade, seja de alimento, saúde ou até mesmo de acolhimento por meio de uma palavra amiga ou gesto de fraternidade.
A Visita Pastoral Missionária em nossa paróquia teve como Tema: PARÓQUIA: COMUNIDADE DE COMUNIDADES e como Lema: “Em vosso caminho, anunciai: ‘o reino dos céus está próximo’” (Mt 10,7)

Veja aqui as fotos dessa entrega

Viva Deus Uno e Trino em nossos corações!

Jubileu dos Catequistas – 28/8/2016

No últimoJubileu_e_dia_dos_catequistas_agosto_2016 domingo do mês de agosto a Igreja celebra o dia do catequista

A Comissão Arquidiocesana de Catequese – CAC promoveu neste domingo, dia 28, a IV edição da Caminhada dos Catequistas. A Caminhada faz parte da comemoração pelo Dia do Catequista, celebrado no dia 25.

A partir das 8h os catequistas foram, aos poucos, chegando frente à Torre de TV, no estacionamento do Edifício Brasil 21, onde aconteceu a concentração. Conduzidos pelo padre Agenor Vieira, sacerdote responsável pela assistência à Catequese, os caminhantes seguiram rumo à Catedral Metropolitana de Brasília, animados por conhecidas músicas católicas.

O clima contagiante entre os participantes era de grande alegria e descontração. Pelo caminho eram saudados por pessoas que pararam para filmar e fotografar o evento.

Protegidos pela PM e DETRAN e com apoio da CAESB, que forneceu água potável aos catequistas, tudo transcorreu com muita paz, sem nenhuma intercorrência que ofuscasse a beleza da caminhada.

Tudo muito bem organizado. Ao chegar à Catedral, enfileirados, os catequistas passaram pela Porta Santa, para juntos celebrar e vivenciar o Jubileu, no contexto do Ano Santo da Misericórdia convocado pelo Santo Padre, o Papa Francisco. Em seguida, todos participaram da Santa Missa das 10h30, presidida pelo bispo auxiliar e bispo referencial para a Catequese, dom Valdir Mamede.

Como gesto concreto do Ano da Misericórdia, foi solicitada a doação voluntária de 1 quilo de feijão por catequista, que será ofertado à paróquia da Estrutural.

Aos catequistas da Paróquia do Verbo Divino, nosso “muito obrigado e que Deus lhes pague” palavras carinhosas do nosso Pároco, Pe. Denzil.

Humildade e Gratuidade: “De graça recebestes, de graça deveis dar”  Mt 10, 8b

“Não fostes vós que me escolhestes, mas eu vos escolhi e vos constituí para que vades e produzais fruto, e o vosso fruto permaneça.” Jo 15,16a

Confira aqui as fotos do evento

Mensagem do Papa Francisco aos catequistas