XIX Maranatha – 9, 10 e 11 de novembro de 2018

Jovens, preparem-se!

Vem aí o XIX Maranatha da Paróquia do Verbo Divino!


De 9  a 11 de novembro, os jovens da comunidade estão convidados a participar do XIX  Maranatha, que tem como tema “Voltai a mim de todo o vosso coração”. (Jl 2,12)

O Maranatha é um retiro organizado pelo Grupo SERVIR  para adolescentes de 14 a 17 anos, que acontecerá no Núcleo Rural Nova Betânia e tem a finalidade de evangelizar  os jovens e levá-los a assumir a sua fé para que sejam sal da terra e luz do mundo.

A expressão “Maranatha” tem origem aramaica e significa “Vem, Senhor Jesus!”.

Convide um jovem para o Retiro Maranatha. Será uma vitória imensa na vida dele! Convide-o com amor.

Inscrições na secretaria da paróquia ou com o Grupo Servir (sábados após a missa das 18h), até o dia 27 de outubro, mas apresse-se porque são apenas 30 vagas. Informações: 3349-5101.

Para custear o retiro, foi criada uma vaquinha:   http://vaka.me/6h6qq5

Ou ainda, faça uma doação de gêneros alimentícios na secretaria da paróquia. Tudo o que não for utilizado, será direcionado aos Vicentinos para distribuição entre as famílias assistidas.

Colabora lá!

https://www.vakinha.com.br/vaquinha/sos-maranatha/contribua

 

2º Encontro em preparação para o Congresso de leigos e leigas 2019

Aconteceu ontem, 30 de outubro de 2018, em nossa Paróquia do Verbo Divino, o 2º Encontro em preparação para o Congresso de leigos e leigas, que acontecerá no período de 8 a 12 de julho de 2019, em Santa Isabel – ES.

O 1º Encontro em preparação para o Congresso de leigos e leigas 2019  foi realizado em nossa Paróquia no dia 23 de maio de 2018 e tratou do tema: Discipulado e Conhecimento, relembrando que os Missionários do Verbo Divino, no ano de 2010 celebraram seu primeiro encontro de paróquias verbitas com o título “Evangelização Missionária na Estrutura Paroquial”, também em Santa Isabel – ES.

Esse 2º Encontro contou com a participação de nosso Pároco, Pe. Denzil, que conduziu as reflexões sobre o tema: Discipulado e Serviço dos Leigos e Leigas na Igreja e no Mundo.

Foram abordados os diferentes serviços assumidos por nós, leigos e leigas, em que somos chamados a nos comprometermos ainda mais com a igreja e a nos conscientizarmos da nossa responsabilidade, especialmente neste Ano do Laicato.

Na leitura do roteiro do encontro, foram mencionadas as conferências que aconteceram desde o Concílio Vaticano II, que valorizaram e incentivaram a atuação, participação e missão dos leigos e leigas na igreja e na sociedade, bem como citados 2 importantes documentos da CNBB: Documento 62, de 1999, Missão e Ministérios dos Cristãos Leigos e Leigas e Documento 105, de 2016, Cristãos Leigos e Leigas na igreja e na sociedade – Sal da Terra e Luz do Mundo (Mt 5, 13-14) e, ainda, a Carta Apostólica Evangelli Gaudium (Alegria do Evangelho), que tratam e orientam a atuação dos cristãos.

Feita a leitura do texto bíblico Lc 10, 38-42, o grupo refletiu sobre as questões propostas no roteiro sobre as realidades da igreja e do mundo e formas de mudança das situações de injustiça e corrupção vividas pelo povo e, ainda, a vocação e o chamado do leigo/a na comunidade.

Por conclusão, restou deliberada a necessidade de sempre oferecer nosso trabalho dentro de cada Pastoral, Ministério, Movimento ou Serviço, com maior participação nos eventos e momentos de espiritualidade, oração e adoração, tendo sempre presentes as palavras fortes: Perseverança, Disciplina, Intercessão/Oração e testemunho cristão.

Ainda teremos um último encontro preparatório, com data a ser agendada. Fique atento(a) e participe. A colaboração de cada paroquiano(a) é muito importante.

As sínteses desses encontros serão respectivamente encaminhadas aos representantes da Província.

Confira aqui as fotos do evento

 

Oração de Santo Arnaldo Janssen

Deus verdade Eterna,

Cremos em Vós.

Deus nossa força e Salvação,

Esperamos em Vós.

Deus bondade infinita,

Nós Vos amamos de todo coração.

Enviaste o Verbo Como Salvador do mundo.

Que nele sejamos todos um.

Infundi-nos o Espírito do Filho.

Afim de glorificarmos o Vosso nome.

Amém.

Ante à luz do Verbo e ao Espírito da graça, afastem-se as trevas do pecado e a noite da incredulidade.

E viva o coração de Jesus nos corações de todas as pessoas!

Dom Marcony realiza noite de formação na paróquia

Dom MarconyNa quarta-feira (24) Dom Marcony Vinícius Ferreira, Bispo Auxiliar de Brasília, realizou uma noite de formação em que abordou assuntos relacionados ao Catecismo. Mais especificadamente, tratou da Liturgia.

Iniciou dizendo que a Liturgia é muito mais do que um rito, é um momento de intimidade com Deus, de experiência profunda com Ele e o que sinal mais visível é a Santa Comunhão. “Por meio dela, nos santificamos”, disse Dom Marcony.

O Bispo também explicou que a Liturgia é dividida em 2 partes: o oferecimento e a imolação (ou seja, o sacrifício que Jesus fez por toda a humanidade), e que ela não pode ser alterada porque “Tudo é do Pai, vai para o Pai e volta  Dele, por isso a Missa sempre inicia-se invocando a Trindade Santa”. Desse modo, o conteúdo litúrgico de todas as celebrações é o mesmo em todo o mundo.

Muito didático e sábio, Dom Marcony dividiu sua explicação acerca da celebração litúrgica em 4 partes.

  1. Quem celebra? É o padre. Embora o diácono também possa professar a Homília, somente o padre pode consagrar a hóstia. E reforçou: “independente da santidade do sacerdote, no momento que ele está no altar, é Cristo que está lá!”
  2. Quando celebra? O ano inteiro: no Tempo Comum, no Advento, no Tempo de Natal, na Quaresma, na Páscoa.
  3. Onde celebra? Na igreja, é dizer, na paróquia que “deve ter um ambiente convidativo à oração, esse local deve manisfestar a presença de Deus, deve se posicionar de forma favorável à comunidade, inclusive, fisicamente”. Nosso bispo disse que a Catedral foi construída em primeiro lugar e naquele local justamente porque “o 1º ministério é o da fé e se sobrepõe a todos os outros!”
  4. Como celebra? Por meio dos sinais e símbolos (altar, por exemplo). A Liturgia ocorre quando há a presença de, pelo menos, 1 sacramento, que são os sinais.

Ao encontro dos sinais, Dom Marcony fez uma breve explanação acerca dos sacramentos. Explicou que o Batismo nos faz filhos de Deus, membros da Igreja. Por isso, somos responsáveis pela sua manutenção em todos os aspectos. E se somos membros dela, por que se desgarrar? Por que vemos algo de errado? “Ame a Igreja como ela é, e não como você quer que ela seja (…) Somos todos irmãos com os erros e acertos”.

Ele falou da Crisma, que representa o momento em que nos tornamos “soldados de Cristo” , testemunhas da fé, e que, portanto, devemos dar a vida por Deus. Lamentou que muitos jovens não têm esse sacramento, se conformando com a Eucaristia, quando não o Batismo.

Também falou da Eucaristia explicando que a Comunhão não é um simbolismo, afinal Ele disse: “Eu sou o pão da vida. Aquele que vem a mim nunca terá fome; aquele que crê em mim nunca terá sede.” João 6:35

Deu um especial destaque à Confissão afirmando, categoricamente, que ela não é uma “consulta psicológica”. “Ali estamos diante de Jesus e não de um homem qualquer”. Disse que o melhor termo é Reconciliação e fundamentou explicando os passos de uma boa confissão:

  • EXAME DE CONSCIÊNCIA;
  • ARREPENDIMENTO REAL;
  • CIRCUNSTÂNCIAS DO PECADO;
  • ESCUTAR OS CONSELHOS DO PADRE E PÔ-LOS EM PRÁTICA.

Dom Marcony falou que a Unção dos Enfermos é somente para os enfermos (um pouco lógico, mas não para todos) e que o sacramento da Ordem refere-se a ordens que Jesus deu e que, portanto, são inconstestáveis: “”Ide, pois, e ensinai a todas as nações; batizai-as em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo” Mt 28:19 (…) “Ide por todo o mundo, pregai o evangelho a toda criatura” Mc 16:15. Ao receber esse sacramento, torna- se diácono, padre ou bispo.Dom Marcony

E finalizou falando do Matrimônio que deve obedecer a 3 critérios.

  • FIDELIDADE;
  • INDISSOLUBILIDADE (“Por isso, o homem deixará seu pai e sua mãe e se unirá à sua mulher; e os dois formarão uma só carne. Assim, já não são dois, mas uma só carne. Portanto, não separe o homem o que Deus uniu” Mt 19:5,6).
    O Bispo falou que a Igreja não aceita o divórcio, “o casamento é só um, se há a nulidade, significa que ali não houve um casamento. Por isso a pessoa pode se casar de novo.” (…) “por tudo isso, o casal deve pensar duas vezes se devem casar”.
  • FECUNDIDADE (“Sede fecundos, disse-lhes ele, multiplicai-vos e enchei a terra” Gênesis 9:1). “Se o casal se casar pensando em não ter filhos, ali não houve um casamento”.

Essa foi uma palestra que fez a todos conhecer e reforçar o conhecimento acerca dos ensinamentos deixados por Jesus, fundador da Igreja Católica. Quem participou dela não se arrependeu, afinal nada substitui estar ali ouvindo o Bispo. Gratos, todos, por Dom Marcony.

FOTOS DA PALESTRA

 

Fique atento(a) aos horários das missas no dia de finados em nossa paróquia!

Dia de Finados 2018: Veja os horários das Missas nos cemitérios
Cemitério Gama
08h – Paróquia São Sebastião
09h30 – Paróquia Nossa Senhora da Conceição
11h – Paróquia São Miguel Arcanjo
12h30 – Paróquia Nossa Senhora de Fátima
14h – Paróquia Santíssima Trindade
15h30 – Preside Dom José Aparecido
17h – Preside Cardeal Dom Sergio da Rocha

Cemitério de Sobradinho:
08h – Dom Valdir Mamede
09h30 – Pe. Júlio (Paróquia Nossa Senhora do Rosário de Fatima)
11h – Paróquia Imaculada Conceição
12h30 – Pe. José Vicente (Paróquia Nossa Senhora Aparecida)
15h – Pe. Sérgio (Paróquia São José)
16h30 – Pe. Jobson (Paróquia Divino Espirito Santo)
– Também haverá durante todo o dia:
Tenda SOS Oração;
Capela do Santíssimo exposto dia todo;
Atendimento de Confissão.

Cemitério de Taguatinga:
08h – Pe. Ricardo Nascimento (Paróquia São Sebastião)
09h30 – Preside Dom José Aparecido
11h – Pe. Ricardo (Paróquia Nossa Senhora de Lourdes)
12h30 – Pe. Pedro (Paróquia Cristo Redentor)
14h – Pe. Marcelo Vitorino (Paróquia Senhor Bom Jesus)
15h30 – Pe. Kate (Paróquia São João Evangelista)
17h – Pe. Jairo (Paróquia Santa Teresinha)

Cemitério de Planaltina:
08h – Paróquia Santa Luzia
09h30 – Paróquia São Sebastião
11h – Paróquia Santa Rita
12h30 – Paróquia Divino Espírito Santo
14h – Paróquia São Vicente de Paulo
15h30 – Preside Dom Valdir
17h – Paróquia Nossa Senhora Aparecida

Cemitério da Asa Sul
08h00 – Pe. Jorge (Paróquia Santa Terezinha)
09h30 – Preside Dom Fernando( Arquidiocese Militar)
11h00 – Frei Venildo
12h30 – Pe. Godwin (Paróquia São Judas Tadeu)
14h00 – Pe. João Firmino (Catedral de Brasília)
15h30 – Pe. Célio (Comunidade Shalom)
17h00 – Preside Dom Marcony

Cemitério de Brazlândia
9h00 – Santuário Menino Jesus de Praga
16h00 – Pe. Luiz Gonzaga (Paróquia São Sebastião)

Missa da Catequese – Dia Mundial das Missões e da Infância Missionária

Tema: Enviados para testemunhar o Evangelho da paz

Lema: Vós sois todos irmãos (Mt 23,8)

No mundo inteiro a Igreja é convidada a celebrar, no 3º Domingo do mês de Outubro, o DIA MUNDIAL DAS MISSÕES. É um tempo especial de oração, reflexão e cooperação, através da oferta generosa da comunidade em prol das missões.

Para celebrar o Dia Mundial das Missões de 2018, o Papa Francisco encaminhou uma mensagem aos jovens com o tema: «Juntamente com os jovens, levemos o Evangelho a todos», em que os convida a refletir sobre a missão que Jesus nos confiou: Pelo Batismo, também vós, jovens, sois membros vivos da Igreja e, juntos, temos a missão de levar o Evangelho a todos.

Destacou o Sínodo dos Bispos (que está sendo realizado neste mês de outubro e que é dedicado aos jovens), como uma oportunidade para se tornarem discípulos missionários cada vez mais apaixonados por Jesus e pela sua missão até aos últimos confins da terra.

Em nossa Paróquia, na missa da catequese celebrada pelo nosso Vigário, Pe. Francisco, numa singela procissão, as crianças carregaram fitas e velas coloridas, representando os cinco continentes do nosso planeta. No contexto missionário, cada um desses continentes recebe uma cor que o representa:

Ásia – amarela,  África – verde,  Europa – branca,  América – vermelha  e  Oceania – azul.

Confira aqui as fotos da celebração

Rezemos com fervor para que o Evangelho seja anunciado a todos, cumprindo o mandato de Jesus Cristo, Missionário do Pai: “Ide, pois, fazer discípulos entre todas as nações…” (Mt 28,19)

“A oração deve acompanhar os passos dos missionários, para que o anúncio da palavra se torne eficaz, pela graça divina.”                          http://www.assisimissio.org/br/prega-per-i-nostri-missionari.php

Encerramento da Novena de Nossa Senhora da Conceição Aparecida – 11 de outubro de 2018

No período de 3 a 11 de outubro de 2018 realizou-se em nossa Paróquia do Verbo Divino a Novena de Nossa Senhora da Conceição Aparecida.

Coordenada pela Pastoral Familiar e animada pelo coral, a novena teve início sempre com a Santa Missa e contou com a participação de, aproximadamente, 60 fiéis por noite.

 

O encerramento se deu na missa das 19h deste dia 11 de outubro, em que a singela imagem de nossa “Mãe do Céu Morena”, foi intronizada em um lindo andor ornamentado com belas flores e colocado em frente ao altar.

 

Como gesto concreto da novena, foram recolhidos gêneros alimentícios e fraldas descartáveis, a serem doados à Associação Santos Inocentes, cuja missão é “Resgatar a vida das crianças em gestação que correm o risco de serem abortadas e dar apoio psicológico, espiritual e material às mulheres grávidas carentes e a seus filhos”.

 

 

Neste último dia da novena, a pequenina imagem foi coroada e feito um breve momento de adoração, encerrando com a bênção do Santíssimo.

 

Na sequência, em procissão pelo estacionamento da Paróquia, todos os participantes seguiram cantando e rezando atrás do andor.

Para finalizar, foram distribuídas rosas e lembrancinhas aos fiéis presentes.

Confira aqui as fotos do evento

Entrando, o anjo disse-lhe: Ave, cheia de graça, o Senhor é contigo. (Lc 1, 28)

Então disse Maria: Eis aqui a serva do Senhor. Faça-se em mim segundo a tua palavra.

E o anjo afastou-se dela. (Lc 1,38)

Homenagens em Sessão Solene da Câmara Legislativa DF

Ontem, 10 de outubro, em comemoração ao dia de Nossa Senhora Aparecida, Padroeira do Brasil e de Brasília, a Câmara Legislativa do Distrito Federal homenageou alguns representantes da Igreja Católica com moção de louvor, durante sessão solene. Representando a comunidade da Paróquia do Verbo Divino, foram agraciados o nosso querido Pároco, Pe. Denzil Crasta, SVD, e o casal amigo, os paroquianos Pantalion e Vânia.

Confira aqui nossas fotos do evento.

Confira aqui o vídeo do evento, na íntegra.