Posts

Semana das Dores de Nossa Senhora – De 21 a 27 de março de 2021

Nossa Senhora das Dores, mãe de todos os homens, rogai por nós!

de 21 a 27 de março, após a missa das 19h, participe deste especial momento com Nossa Senhora das Dores, contemplando suas sete dores, presencialmente na nave da igreja ou pelo nosso novo canal no Youtube: paroquiaverbodivinobsb, através do link: http://bit.ly/Youtube-PVD

E, se ainda não se inscreveu, não perca tempo e ajude a melhorar nossa transmissão. Precisamos de, no mínimo, 1000 inscritos.

 

Festa de Nossa Senhora de Lourdes – 11 de fevereiro de 2021

Neste dia 11 de fevereiro, festa de Nossa Senhora de Lourdes, a Igreja celebra o 29º Dia Mundial do Doente sob o lema “‘Um só é o vosso Mestre e vós sois todos irmãos’. A relação de confiança, na base do cuidado dos doentes”.

Conhecendo um pouco da história:

“Vocês não são obrigados a acreditar em mim, mas posso apenas lhes dizer o que vi e ouvi”. (Bernadete Soubirous)

 

Bernadete encontrou Nossa Senhora 18 vezes no local determinado, na gruta de Massabielle, às margens do rio Gave.

Antes de receber a revelação da Virgem, a jovem pastora a chamou “Aquero”, que, no dialeto local, significava “Senhora”. Maria apareceu-lhe assim: vestida de branco, com um longo véu sobre os ombros, uma faixa azul nos quadris e os pés descalços, cobertos por duas rosas douradas, como o rosário dourado e branco em seu braço.

 

França, pátria do Positivismo

Não foi por acaso que a Providência escolheu o lugar para aquelas manifestações marianas repentinas.

Encontramo-nos na França, no século XIX, onde triunfava a filosofia positivista, segundo a qual o homem, em sua bondade ou, pelo contrário, em sua maldade, estava totalmente determinado de ser inserido em uma sociedade precisamente boa ou má.

Em Lourdes, Maria reverte tudo isso, recordando a existência do pecado original e do livre arbítrio. Por isso, antes de agir na sociedade, dizia Maria, era preciso agir no coração humano. Era preciso converter-se.

11 de fevereiro de 1858

Para lançar sua mensagem de oração e caridade ao mundo, Nossa Senhora escolheu Bernadete, uma pastora de 14 anos. Fazia muito frio, naquele dia, em Lourdes. Então a jovem, com sua irmã e uma amiga, foi catar lenha nas proximidades da gruta de Massabielle. Ficando para trás, sentiu, de repente, uma ventania, que, porém, não balançava as árvores. Depois, viu uma grande luz, em meio à qual estava a figura cândida de uma jovem mulher. Aquela Senhora não falou com ela, mas lhe ensinou a fazer corretamente o sinal da cruz e, juntas, em silêncio, rezar o Terço. No final da oração, a visão desapareceu.

“Eu sou a Imaculada Conceição”

Três dias depois, em 14 de fevereiro, Bernadete sentiu um desejo irresistível de voltar à gruta, mas levou consigo água benta. Quando a Senhora apareceu, ela tentou aspergi-la. Mas a Virgem ficou inerte e, sorrindo, começou a rezar o Terço novamente com ela.

Era o dia 18 de fevereiro, a primeira vez que a Senhora conversou com Bernadete, fazendo-lhe o seguinte pedido: voltar ali por 15 dias, pedir aos padres para irem àquele lugar em procissão e ali construir uma igreja.

Em 25 de fevereiro, a Senhora pediu a Bernadete para comer a grama e escavar um buraco: assim, começou a brotar a água da nascente milagrosa, na qual os enfermos ainda hoje se emergem, pedindo a sua cura.

Finalmente, em 25 de março, dia da Anunciação, Nossa Senhora revelou-se, dizendo: “Eu sou a Imaculada Conceição”! Bernadete transmitiu esta frase ao pároco. Uma pastora não podia saber que o Dogma da Imaculada Conceição de Maria havia sido proclamado, apenas quatro anos antes, pelo Papa Pio IX.

Maria revelou muitas coisas a Bernadete em suas aparições, mas, sobretudo, propôs a ela e ao mundo o “Céu e a santidade”, como únicos objetivos da vida terrena, como também a penitência, para eliminar o pecado do mundo.

Santuário mariano internacional de Lourdes

As aparições de Lourdes atraíram para Massabielle, desde o início, muitos curiosos, com sua bagagem inevitável de ceticismo. Até Bernadete foi submetida a exames médicos e interrogada pelas autoridades eclesiásticas. Somente assim Maria permitiu a realização de acontecimentos prodigiosos para que as pessoas acreditassem.

Ali foi construída uma igreja e, em 1862, com uma Carta Pastoral, o Bispo de Tarbes consagrou Lourdes como Santuário mariano internacional.

Texto: Fonte: https://www.vaticannews.va/pt/santo-do-dia/02/11/nossa-senhora-de-lourdes.html

Em nossa paróquia, a celebração da missa das 7h30 foi realizada em frente à gruta de Nossa Senhora de Lourdes. Pe. Vagner, disse aos fiéis presentes que as aparições de Nossa Senhora manifestam o carinho de Deus por seu povo. Assim como em Lourdes, Maria surge sempre em momentos difíceis, de grandes dificuldades sociais. Aparece a pessoas simples, como Santa Bernadete, e nos convida à oração e à conversão. Nosso Pároco convidou a todos a rezar e buscar a conversão interior e, por ser também o dia mundial dos doentes, rogou à Nossa Senhora que interceda por nós e nossas famílias e, de modo especial, pelos doentes, vítimas da covid-19.

A PASCOM agradece a colaboração das paroquianas Dalva e Dulcimar pelo envio das fotos.

Confira AQUI AS FOTOS

Coroação de Nossa Senhora – Catequese – 25 de maio de 2019

Neste dia 25 de maio de 2019, a Catequese de nossa Paróquia do Verbo Divino, ao final da missa das crianças, celebrada pelo Pe. Norberto, prestou uma singela homenagem à nossa Mãezinha do Céu. As crianças da turminha do Primeiro Passo, todas vestidas de anjinhos, acompanharam a catequizanda Izabella do Terceiro Passo, que coroou a imagem de Nossa Senhora.

Em sua homilia, Pe. Norberto nos exortou a nos abrirmos ao próximo, lembrando que há mais alegria em dar do que em receber. Maria é para nós esse exemplo de doação, especialmente na passagem bíblica em que São Lucas nos relata que assim que o Arcanjo Gabriel anunciou que ela seria a Mãe do Salvador e que sua prima já idosa, estava no sexto mês de gravidez, Maria seguiu, apressadamente, para fazer uma visita a Izabel e servir-lhe nos afazeres domésticos.

São Josemaria Escrivá, por sua vez, nos disse: “Não há o perigo de exagerar. Nunca aprofundaremos bastante neste mistério inefável; nunca poderemos agradecer suficientemente à nossa Mãe a familiaridade com a Trindade Beatíssima que Ela nos deu” (Amigos de Deus, 276)

Maria, através de seu SIM, tornou-se a mãe de nosso Salvador e nossa mãe. Ela foi a primeira catequista. Foi o Sacrário vivo que nos trouxe Jesus em seu ventre.

A ela o nosso amor, carinho e veneração.

Confira aqui as fotos desse momento

Eventos

Nothing Found

Sorry, no posts matched your criteria