Noite de Caldos – 13 de julho de 2019

O mês de julho chegou trazendo um friozinho gostoso e, para esquentar os ânimos, uma boa pedida foi tomar um caldinho saboroso na “Noite de Caldos” realizada neste dia 13 de julho no Salão de Eventos da Paróquia do Verbo Divino. Tinha caldo de vários sabores, para todos os gostos: caldo verde, de feijão, de frango, vaca atolada, de abóbora com carne seca e, para os veganos, caldo de legumes, de lentilhas e de abóbora com gorgonzola,  todos deliciosos e acompanhados de torradinhas temperadas…. Hummmm!!!  tudo o que esse clima pede para aquecer a alma e o coração!

A equipe de eventos e os colaboradores trabalharam com afinco e dedicação e, mais uma vez, arrasaram nos preparativos.

A renda da noite de caldos será utilizada em prol do Chá dos Avós” que será realizado no dia 27 de julho, pelo Grupo de Oração da Renovação Carismática Católica (RCC) em parceria com a Pastoral Familiar.

Ei Vovô, ei Vovó, façam suas inscrições e venham desfrutar de momentos agradáveis! Será um evento especialmente realizado para vocês que estão na “melhor idade” e merecem todo esse carinho e desvelo!

Curiosidade:

O Dia dos Avós é celebrado no dia 26 de julho, data em que a Igreja Católica celebra São Joaquim e Santa Ana, pais de Nossa Senhora e avós de Jesus Cristo.

 

Os filhos dos filhos são a coroa dos velhos, e a glória dos filhos são os pais. (Pr 17,6)

 

Confira aqui as fotos da Noite de Caldos

Inscrições abertas para o “Projeto Fé & Arte”

A aula inaugural será no sábado, dia 27, das 8 às 9, começando com um breve café, seguido da apresentação dos professores que estarão à disposição dos pais/interessados para maiores esclarecimentos.
A partir de então, as aulas terão início em seus dias respectivos.
O Projeto visa dar aos interessados os meios para aprenderem/aperfeiçoarem seus dons artísticos e, posteriormente, os colocarem a serviço da comunidade nas celebrações, em projetos sociais, etc…

Pelo Projeto, somos evangelizados e evangelizadores.

Missa Campal: Festa de São Pedro e São Paulo finaliza os festejos juninos

Neste sábado (29) houve a já tradicional Missa Campal na Paróquia do Verbo Divino para o descendimento dos mastros nos quais estão as imagens de Santo Antônio, São João e São Pedro.

O pároco, padre Denzil Crasta, aproveitou o dia em que se comemora São Pedro e São Paulo para falar um pouco mais acerca destes 2 santos: “embora de personalidades diferentes, eles têm semelhanças na medida que foram fiéis no seguimento de Jesus Cristo”.

Festa de São Pedro e São PauloPadre Denzil também destacou muitos fatos relativos aos mártires lembrando a comunidade que São Paulo não conheceu Jesus pessoalmente mas, em uma de suas muitas viagens, recebeu uma luz do alto pela qual ouviu Jesus. Até então se chamava Saulo, após esse fato, passou a se chamar Paulo.

A 1ª leitura do dia apresenta Pedro com morte marcada e com vários seguranças fazendo a vigilância da cela. Mesmo em meio a essa situação, ele continua firme na oração. “Deus escuta a oração da comunidade e não abandona seus discípulos, sobretudo na provação. Por isso, é importante a oração em comunidade para que estejamos protegidos”, disse o pároco.

Já a 2ª leitura destaca a confiança de Paulo no fim da vida na terra quando disse: “Combati o bom combate, terminei a minha carreira, guardei a fé”. 2ª Timóteo 4:7. A vida eterna foi o prêmio merecido pelo apóstolo. Esta leitura convida todos à serenidade pela certeza de que Deus está conosco.

“O Evangelho de Mateus fala quem é Jesus sob a perspectiva dos homens e aponta um outro entendimento da parte dos discípulos que confirmam que Cristo é o filho de Deus”, disse padre Denzil.

Na 2ª parte do Evangelho, revela-se o que é a Igreja: uma comunidade que acredita que Jesus é o filho de Deus vivo. É aquela que nunca será derrubada e que mostra que só há um caminho para a Salvação: a Cruz.

“Jesus Cristo fundou apenas uma Igreja: ‘Tu és Pedro, e sobre esta pedra edificarei a minha Igreja; as portas do inferno não prevalecerão contra ela.’ (Mt 16:18). A figura de Pedro hoje é representada pelo Santo Padre, o Papa, o chefe visível. Devemos rezar pelos nossos pastores para que sejam verdadeiros representantes de Jesus. E o Papa nos convida a sermos discípulos missionários de Cristo”, afirmou Crasta.

Ao final, o padre convidou a uma profunda reflexão no sentido de se perguntar: “Quem é Jesus para mim? Será que Ele tem o mesmo significado que tinha para os judeus de uma pessoa que simplesmente veio ao mundo fazer o bem, ou para mim Ele é o verdadeiro filho de Deus”?

VEJA MAIS FOTOS AQUI

 

Descendimento dos mastros dos Santos juninos – 29 de junho de 2019

 

De 14 a 16 de junho, realizamos uma linda festa em nossa Paróquia, com o levantamento dos mastros dos Santos juninos. Agora, finalizando o mês dedicado a Santo Antônio, São João e São Pedro, será realizada uma Missa Campal às 18h no dia 29 de junho, seguida do descendimento desses mastros e, ainda, com barraquinhas e pescaria.

Compareça. Você é nosso convidado especial!

Fé e arte: ação pela música

Já parou para imaginar quando a vida realmente começa? Não é um texto sobre aborto, mas tem gente matando dentro de si a alegria de viver. Definitivamente não é o caso da Fátima Mesquita. Aos 59 anos, ela resolver entrar no projeto Fé e Arte da Paróquia do Verbo Divino para aprender a tocar teclado: “Eu nunca tinha tocado nada e quis aprender algo diferente. É excelente, altamente gratificante”, resumiu ela.

Fátima e uma turma de novos músicos abrilhantaram à Missa das 19h deste domingo (16) na Paróquia. Foi dia de celebrar a Santíssima Trindade e o mistério de amor de um Deus uno e trino que se revelou a nós pelo filho e está presente em Espírito. O padre Francisco Batongbacal explicou: “Ninguém pode tirar de nós a força do Espírito Santo que recebemos no batismo, por isso precisamos agradecer a Deus por tudo isso.”

O Matheus Nast, de 9 anos, está usando os dons do Espírito Santo para aprender a tocar violão: “Vim porque gosto e por causa do meu tio que também veio fazer as aulas.” Ele e o colega de turma Benício Reis, também de 9 anos, se apresentaram ao longo da Missa e ao final deram um show, tocando a Oração pelas Famílias, do Padre Zezinho. “Para mim é mais fácil. Quero tocar nas Missas”, disse Benício.

Rômulo Mazza, professor de violão de Matheus, contou que o projeto começou na Paróquia Nossa Senhora da Consolata e foi estendido para a Paróquia do Verbo Divino em 2017. Com a reforma da igreja, foi necessário interrompê-lo, mas agora o projeto voltou com força total. “Eu dou aula de violão aos sábados de manhã, mas também tem aulas de violino, flauta, teclado, violoncelo”, contou o professor.

O casal Márcia e José Maia são os coordenadores do projeto. Márcia conta que o objetivo maior é o de formar músicos para as paróquias. “Tem aula de cantos litúrgicos, mas não é só isso. Tem também outros tipos de música e estamos planejando, inclusive, uma apresentação de tema livre”, explicou ela. José Maia esclareceu ainda que o projeto tem uma mensalidade de R$80 e uma taxa de inscrição de R$30 para confecção de camiseta, apostila: “Quem pagar à vista tem 15% de desconto. O aluno também precisa trazer seu próprio instrumento. A próxima turma vai abrir no dia 27/06”.

Todos estão convidados!!!

 

VEJA AS FOTOS