Ressuscitou, como disse, ALELUIA!!!

2020, um ano que ficará para a história!

Estamos vivendo um tempo diferente. Num misto de medo e precaução, por causa do COVID-19, doença causada pelo coronavírus SARS-CoV-2 e, atendendo ao Decreto do Governo do Distrito Federal, em quarentena, quase não podemos sair de casa. Obedientes à determinação de nossa Arquidiocese de Brasília, as igrejas têm realizado as celebrações via Youtube e Instagram.

Em nossa comunidade, incansável, Pe. Vagner tem nos mantido unidos através de uma excelente Programação com as orações das laudes, do Ângelus, do terço da misericórdia, do terço da família e, especialmente, da Santa Missa. Um conforto para nossas almas e corações.

No dia 12 de abril, Domingo de Páscoa, o grito contido na garganta pôde, enfim, ser liberto. Se não podíamos ir à igreja, ELE veio até nós! Veio pelas mãos de seu servo, Pe. Vagner Apolinário, SVD. Rostos ávidos O contemplaram por suas janelas e sacadas. JESUS! Clamava incontido o povo desejoso de estar perto, de recebê-LO no Sacramento da Eucaristia!

Oh Glória! Donde vem a honra de Nosso Senhor nos visitar? Vem de Sua misericórdia, vem de Seu amor infinito. Vem da disponibilidade do Pe. Vagner, do Ir. Luís, do Léo, do Dayvidson, do Valter, do Silber e de um motorista anônimo, que com suas vidas, levaram o Cristo Eucarístico aos fiéis residentes na região abrangida pela Paróquia do Verbo Divino.

Te agradecemos, Senhor, por não nos deixar sozinhos!

Glória a Ti, Senhor!

“Buscai o Senhor, já que ele se deixa encontrar; invocai-o, já que está perto.” (Is 55,6)

Confira a seguir um vídeo dessa doce alegria da visita de Jesus Eucarístico.

Vídeo retirado do Canal do Correio Braziliense no Youtube

Programação Remota da Paróquia

Queridos paroquianos,
Estamos vivendo tempos difíceis. Como todos sabem o Governo do Distrito Federal emitiu um decreto proibindo a celebração pública das missas e Dom Sérgio, nosso administrador apostólico, em colaboração com as autoridades também nos orientou nesse sentido. É uma medida extrema, porém é necessária no combate ao novo corona vírus, o COVID 19.

Nesse tempo de incertezas que nós vivemos, uma certeza permanece, Deus nos acompanha. Por isso, precisamos ficar unidos a Ele e unidos entre nós. Estejamos unidos através da oração. Pensando nisto, pensamos em uma programação remota. Ela constará de momentos de oração, nos quais rezaremos juntos, no mesmo horário, cada um de sua casa. Todos nós sabemos da força que tem a oração e mais ainda da oração em comunidade. Ao mesmo tempo iremos transmitir a celebração da Santa Missa todos os dias, pelo canal da paróquia no You Tube (paroquiaverbodivinodf).

Eis a programação:

De segunda a sexta:
08:00 – Oração das laudes: rezemos juntos a liturgia das horas, consagrando nosso dia ao Senhor
12:00 – Oração do Angelus: Elevemos nosso pensamento a Nossa Senhora e peçamos-lhe sua proteção com as palavras que o anjo a saudou.
15:00 – terço da misericórdia: Invoquemos a misericórdia do Senhor sobre nós e nossas famílias, nesse tempo de dificuldade que estamos vivendo. (transmitido ao vivo via Instagram pelo Movimento Jovem)
18:00 – Terço em família: reúna a sua família (os que moram na sua casa e estão saudáveis) diante de uma imagem de Nossa Senhora; monte o seu altarzinho doméstico; acenda uma vela e rezemos uma vez mais, pedindo a intercessão de Nossa Senhora. Depois você pode tirar uma foto da família rezando e subir em suas redes sociais, utilizando a hashtag #PVDunidos.
19:00 – Santa Missa: transmitida ao vivo pelo nosso canal do Youtube.

Sábado:
08:00 – Oração das Laudes
11:00 – Santa Missa (transmitida ao vivo da Capela do Santíssimo)
15:00 – terço da misericórdia: Invoquemos a misericórdia do Senhor sobre nós e nossas famílias, nesse tempo de dificuldade que estamos vivendo. (transmitido ao vivo via Instagram pelo Movimento Jovem)
16:00 – Leitura Orante da Palavra de Deus.
18:00 – Terço em família

Domingo:
08:00 – Oração das Laudes
10:00 – Santa Missa (Transmitida ao vivo)
15:00 – terço da misericórdia: Invoquemos a misericórdia do Senhor sobre nós e nossas famílias, nesse tempo de dificuldade que estamos vivendo. (transmitido ao vivo via Instagram pelo Movimento Jovem)
18:00 – Terço em família

Posteriormente eu explicarei melhor cada modalidade de oração. O importante é que permaneçamos unidos durante este tempo. Não estamos juntos fisicamente, porém não estamos separados.

Deus abençoe e proteja cada um de nós durante este tempo.
Pe. Vagner Apolinário, SVD – Pároco

Vamos rezar juntos?

Antigamente, sobretudo no interior, havia um costume muito bonito que era o das famílias se reunirem ao final do dia para rezar juntos o santo terço. Em uma cidade grande, como é Brasília esse costume se perdeu.

Podemos aproveitar esse tempo em que estamos confinados em nossa casa para retomar esse costume. Reúna os membros de sua família, que moram com você na mesma casa e que estão saudáveis, prepare um altarzinho com uma imagem de Nossa Senhora, acenda uma vela e reze o santo terço.

Eu estarei rezando aqui na paróquia às 18:00. Reza comigo aí da sua casa? Esta oração não será transmitida, mas você pode tirar uma foto e enviar pelas nossas redes sociais, utilizando o hashtag #PVDunidos.

Vamos nos manter unidos na oração. Podemos não estar juntos fisicamente, porém não estamos separados.
Deus abençoe.

Missa de confirmação dos MESCE – 15 março 2020

Neste 3º domingo da Quaresma, Pe. Vagner, em sua homilia sobre o encontro de Jesus com a Samaritana, no poço de Jacó, nos levou a refletir que não são os bens materiais ou o conforto que saciam a nossa sede. Somente Jesus, que é a água viva, tem essa capacidade. Disse-nos que começamos a ser saciados há muitos anos, quando nossos pais e padrinhos nos levaram ao “poço”, que é a pia batismal. A partir daquele dia, começamos a ser saciados com a graça de Deus derramada em nós.

Exortou-nos a pedir ao Senhor que nos ajude para que nós, que estamos sedentos de Sua presença, busquemos sempre dessa água viva e a levemos aos demais para que também sejam saciados.

Ainda hoje, na missa das 19 horas, os Ministros Extraordinários da Sagrada Comunhão Eucarística – MESCE foram confirmados pelo Pe. Vagner.

Os Ministros Extraordinários da Sagrada Comunhão Eucarísticas surgiram na Igreja Católica após o Concílio Vaticano II e têm como principal missão visitar e levar a comunhão aos enfermos. Além disso, prestam auxílio aos Ministros Ordenados (Padres, Bispos) nos atos litúrgicos; realizam a exposição do Santíssimo, quando autorizado pelo Pároco; promovem a Celebração da Palavra, quando não houver Padre, desde que autorizado e participam dos eventos arquidiocesanos, quando solicitado.

São fiéis leigos indicados pelo pároco e apresentados ao Arcebispo, conforme orientações da Coordenação Central Arquidiocesana dos Ministros Extraordinários da Arquidiocese de Brasília- CCA/Mesce”

Participam anualmente do Curso de Formação Permanente, promovido pela Arquidiocese, renovando o mandato, mediante autorização do Pároco.

Os MESCE da Paróquia do Verbo Divino, no dia 23 de cada mês, das 22 às 24h, participam da Adoração ao Santíssimo, no Santuário do Santíssimo Sacramento, na L2 Sul – Q. 606.

“Conhecer a Jesus Cristo pela fé é nossa alegria; segui-lo é uma graça, transmitir este tesouro aos demais é uma tarefa que o Senhor nos confiou ao nos chamar e nos escolher” (Documento de Aparecida, n. 18).

Confira AQUI AS FOTOS

Início das atividades pastorais – Missa e Almoço italiano – 8 de março de 2020

… O caminho não termina na cruz. O caminho termina na ressurreição! Pe. Vagner Apolinário, SVD

A abertura oficial dos trabalhos pastorais 2020 aconteceu hoje na missa das 10h. Na procissão de entrada, cada grupo das Pastorais, Movimentos, Ministérios e Serviços se fez representar por um ou mais membros identificados por um cartaz com o respectivo nome.

Como disse nosso Pároco, Há muita vida nesta paróquia! Nossa comunidade conta vários grupos que desenvolvem seus trabalhos mantendo seu dinamismo conforme a diversidade de dons, assim como ensina São Paulo aos Coríntios. “Há diversidade de dons, mas um só Espírito” (1Cor 12, 4).

As Pastorais, Ministérios, Movimentos e Serviços estão assim nominados:

Acolhida, Apoio Jurídico, Apoio Psicológico, Apostolado da Oração, Artes, Artesanato (Reciclagem), Batismo, Bazar, Biblioteca, Catequese, Coral Infantil, Coral Santa Cecília (Adultos), Coroinhas, Costura, Dízimo, ECC (1ª Etapa), ECC (Nova União), Educação/Concursos, Escoteiros, Familiar, Grupo de Adoração, Grupo de Oração – RCC, Grupo de Jovens SERVIR, Legião de Maria, Liturgia, Proclamadores, Mãe de Schoenstatt, MESCE, Música, Movimento Jovem, Oficina de Oração e Vida, Ornamentação (Equipe do Altar), PASCOM, Preparação para o Matrimônio, Terço dos Homens e Vicentinos. Além desses grupos, a paróquia conta com a colaboração da Equipe de Eventos e dos conselhos: CPAE e CPP.

Em sua homilia, Pe. Vagner relembrou-nos o convite à conversão e à prática dos três exercícios quaresmais: oração, jejum e caridade, bem como do tema e do lema da Campanha da Fraternidade deste ano: Fraternidade e Vida: Dom e compromisso e o lema: viu, sentiu compaixão e cuidou dele.

Sobre a leitura do Evangelho (Mt 17,1-9), disse que Jesus se mostrou transfigurado aos discípulos, para que pudessem ter forças para enfrentar o resto do caminho, inclusive passar pela cruz e saírem vitoriosos.

Fez um paralelo com nossa vida, dizendo que conosco também é assim. Não somente no caminho quaresmal, mas no caminho da nossa vida, vamos nos encontrando com Deus e com os irmãos e irmãs e passando pela cruz também e, ao passar pela cruz, temos que saber que a cruz não é o final do nosso caminho, mas precisamos enfrentá-la para chegar à ressurreição porque sem cruz, não há ressurreição.

Após a Santa Missa, também para marcar o reinício das atividades, foi servido o tradicional Almoço Italiano, no salão paroquial.

A todos os envolvidos, o nosso agradecimento e elogios quanto à qualidade dos alimentos servidos e do atendimento prestado, marcas inerentes a tudo quanto se faz com amor, zelo e doação.

Confira AQUI AS FOTOS da missa

Confira AQUI AS FOTOS do Almoço Italiano

Palavra do Pároco – março de 2020

Queridos paroquianos,

A luz do Verbo e o Espírito da Graça estejam com vocês.

Entramos no mês de março, vivenciando o tempo da quaresma, tempo de conversão, de deixar que o Senhor toque o nosso coração para ir transformando-o pouco a pouco. Para isso contamos com a valiosa ajuda dos exercícios quaresmais: Oração, Jejum e esmola. Eu gostaria de convidá-los a uma vivência intensa da quaresma através destes três gestos.

A oração é essencial em nossa vida de fé. É através dela que estabelecemos comunicação com Deus, lhe falamos e deixamo-nos interpelar por Ele. Nossa espiritualidade católica nos proporciona várias formas de oração. Em nossa paróquia são momentos privilegiados as santas missas, celebradas diariamente, os momentos de adoração ao Santíssimo Sacramento, entre outros. A oração da via-sacra, que estamos rezando todas as quartas e sextas-feiras da quaresma se insere também neste contexto.

 O Jejum, nos fortalece em nossa disposição, ao fazer-nos renunciar a algo de que gostamos e nos predispõe para fazer a vontade de Deus. Junto com o jejum, sobretudo nas quartas e sextas-feiras, estão as diversas formas de penitência, que podemos realizar durante este tempo. Eu gostaria de convidá-los a participar das missas penitenciais, durante as sextas-feiras da quaresma, unindo oração e penitência, na busca de fazer a vontade do Senhor.

Por fim, a esmola (caridade), fruto da oração e do jejum, sinal de vida nova para quem escuta a Palavra de Deus e se põe a caminho. São várias as formas pelas quais podemos exercer nossa caridade. O essencial é ter o coração aberto para acolher o irmão que sofre e que necessita de nosso gesto solidário. A Campanha da Fraternidade, proposta pela Igreja do Brasil a cada ano é uma excelente oportunidade para exercer nossa caridade. O tema deste ano “Fraternidade e Vida: dom e compromisso e o lema “viu, sentiu, compaixão cuidou dele”, inspirado na parábola do Bom Samaritano, nos convidam a olhar com atenção e misericórdia as inúmeras situações em que a vida humana é ameaçada.

Não deixemos de aproveitar a oportunidade para nos reconciliar com Deus, através destes três exercícios quaresmais e recorrendo também ao sacramento da Reconciliação. Nossa paróquia tem um horário bastante adequado para as confissões e ainda teremos durante este mês o mutirão de confissões no dia 10, com a presença de outros sacerdotes de nosso setor III. Nas demais paróquias do Setor este mutirão também acontecerá. Aproveitemos esta oportunidade.

No dia 8 de março nossa paróquia dará início oficialmente às atividades pastorais do ano, dando graças a Deus pelas nossas pastorais e movimentos e pedindo ao Senhor força para cada um dos nossos agentes de pastoral paroquial. Será um momento oportuno para celebrar como família a nossa unidade paroquial, o ser família Verbo Divino. Esta celebração dar-se-á em dois momentos: A Santa Missa, às 10h, onde entregaremos ao Senhor nossos grupos paroquiais e seus membros e o almoço paroquial, onde festejaremos nossa vida em família e ainda poderemos colaborar para cobrir os custos do Encontro de Casais com Cristo – ECC, que acontecerá no segundo semestre.

No dia 25, celebraremos a festa do nosso padroeiro, o Verbo Divino. A Solenidade da Anunciação do Senhor marca o momento da encarnação do Verbo no ventre de Maria. Celebraremos com alegria, com um tríduo que começará no dia 22. Espero que todos possam participar.

Queridos paroquianos, continuemos firmes em nossa fé. Que este tempo da quaresma nos entusiasme para que, com um coração novo, sirvamos ao Senhor a cada dia e possamos, ao final desse período, celebrar com alegria renovada a ressureição do Senhor Jesus.

Pe. Vagner Apolinário, SVD – pároco

Missa Celebrada pelo Pe. Ronaldo A. Oliveira, SVD – 1º de março de 2020

Foi com muita alegria e entusiasmo que a comunidade da Paróquia do Verbo Divino recebeu o agora Padre Ronaldo A. Oliveira, SVD, para celebrar a Santa Missa deste primeiro domingo da quaresma.

Após uma belíssima recepção e acolhimento feito pelo nosso Pároco, Padre Vagner Apolinário, SVD, concelebrante, o Padre Ronaldo deu início à celebração invocando a Santíssima Trindade.

Na sequência das leituras destinadas ao dia, Pe. Vagner proclamou o Evangelho, seguido de uma Impecável e catequética homilia feita pelo Padre Ronaldo, enfatizando, como ele disse, “uma reflexão sobre as tentações de Jesus” e, consequentemente, sobre as tentações que nós vivemos em nossas próprias vidas.

As três leituras nos mostram que o pecado entrou no mundo, assim como também a salvação enviada através da Encarnação do Verbo de Deus, Jesus Cristo nosso Senhor.

Falou também sobre o paraíso, sobre a beleza da criação de Deus, em especial o ser humano, que foi criado “à sua imagem e semelhança”. Disse que o paraíso é o lugar da relação harmoniosa com Deus. O lugar das relações fraternas e harmoniosas com nossos irmãos e irmãs, e que no meio dessas relações fraternas entre os seres humanos, aparece a serpente que nos apresenta a mentira como se fosse verdade. Esclarece que as tentações de Jesus sinalizam para as nossas próprias tentações, e é por isso que o deserto tem toda a espiritualidade da vida cristã. O deserto é o lugar onde nos colocamos diante de nós mesmos, lugar onde vemos as nossas fragilidades e mazelas e que é por isso que o silêncio incomoda.

Ao final, falou sobre a Campanha da Fraternidade, seu tema e lema, e nos alertou para a vivência desse projeto, que é vivência de amor, vivência de doação com aqueles irmãos mais necessitados.

Rezemos pelo Pe. Ronaldo. Que Deus o abençoe em sua vocação de evangelizar, de levar Jesus a todos os que dele se aproximem aqui, no Japão ou onde quer que a missão o levar!

“Se um missionário já não tem pátria neste mundo, é porque todo o mundo se tornou sua pátria” (São José Freinademetz, SVD – Missionário na China.)

Confira AQUI AS FOTOS

Missa de abertura do Projeto Fé & Arte – 28 de fevereiro de 2020

O Projeto Fé & Arte está de volta! ontem, reiniciou seus trabalhos com a missa de abertura celebrada às 19h, pelo Pe. Vagner, SVD.

Durante a celebração, os professores encantaram os presentes entoando os
cantos litúrgicos, acompanhados por violão, violino, teclado, flauta e saxofone.

O projeto, que atende tanto adultos como crianças, tem a coordenação do
casal de paroquianos José Maia e Marcia e visa dar aos interessados os
meios para aprenderem/aperfeiçoarem seus dons artísticos e, posteriormente, os colocarem a serviço da comunidade nas celebrações, em projetos sociais, etc…

Ao final da celebração, todos os presentes foram convidados para um lanche, servido no Centro Pastoral, onde os professores tiraram as dúvidas dos interessados.

Gosta de música mas acha que não tem voz para o canto? Crê que não tem
habilidade com instrumentos musicais? Não é bem assim! Se arrisque. Faça um teste e verá que é possível desenvolver esses talentos.

Gostou? Está interessado(a)? Então ligue para 3349-5101 ou 98135-9873, tire
suas dúvidas e faça sua inscrição. Vagas limitadas.

Pelo Projeto, somos evangelizados e evangelizadores.”

Confira AQUI AS FOTOS

Via-Sacra – 28 de fevereiro de 2020

‘Via sacra’ quer dizer ‘Caminho Sagrado’ ou ‘Via Crucis’ “Caminho da Cruz”. Diz uma antiga tradição que Maria Santíssima percorria sempre o caminho por onde Jesus carregou a Cruz pelas ruas de Jerusalém. Os discípulos vendo-a fazer este caminho com frequência, decidiram acompanhá-la. Com o passar dos anos os peregrinos que lá chegavam tinham já o seu roteiro pela cidade santa: seguir os passos de Jesus da casa de Pilatos até o sepulcro. Porém, foi no período das Cruzadas (sec. IX/XII) que a prática se intensificou entre os peregrinos e o número de estações foi definindo paulatinamente pois, parte das cenas são tiradas do evangelho e a outra parte tirada da Tradição cristã.

Existem pelo menos 8 motivos elencados pelo Papa Francisco para se rezar a Via-Sacra:

  • É um gesto que demonstra confiança em Deus. A Cruz é o sinal do Amor de Deus que chegou ao extremo. Cristo não ilude ninguém. Ele é a nossa salvação.
  • É a renovação da minha adesão à Cruz. Onde eu me coloco? No lugar de Pilatos, Maria, Cirineu? Estou disposto a carregar a minha cruz?
  • Lembrar que Jesus sofre conosco, pois na Cruz está contido todos o sofrimento do homem. Nós não estamos sozinhos no caminho da vida.
  • Fazer escolhas concretas. Deixar que o Amor de Cristo nos contagie a também sermos entregues e cheios de caridade para com o próximo.
  • Tomar uma decisão por Cristo ou não. Ser cristão exige uma postura radical. De que lado estamos? Eu aceito o Cristo quer me dar?
  • A Cruz é a resposta de Deus para o mal no mundo. Loucura para o mundo sabedoria de Deus! Diante de tanto horror, Deus está disposto a acolher quem se arrepende de coração.
  • Renova-se a certeza do amor de Deus por nós. Quem contempla a Cruz recebe graças infinitas. Recebe o dom de uma confiança inabalável em Deus.
  • “É um caminho da Cruz até a Ressurreição.

Ó Jesus, guiai-nos da Cruz à Ressurreição e ensinai-nos que o mal não tem a última palavra, mas sim o amor, a misericórdia e o perdão. Ó Cristo, ajudai-nos a exclamar outra vez: ‘Ontem fui crucificado com Cristo, hoje sou glorificado com Ele. Ontem morri com Ele, hoje vivo com Ele. Ontem fui enterrado com Ele, hoje ressuscito com Ele

Fonte: https://dovergilio.com/cf2018/a-via-sacra/

Confira AQUI AS FOTOS da Via-Sacra