Quarta-feira de Cinzas – 17 de fevereiro de 2021

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

“Eis o tempo favorável” Com estas palavras, Pe. Vagner iniciou sua homilia na missa das 7h30, desta Quarta-feira de Cinzas, referindo-se à leitura da Segunda Carta de São Paulo aos Coríntios (2Cor 5,20–6,2). Instruiu que a Quaresma é o grande retiro litúrgico da igreja, que a celebra em preparação para a Páscoa do Senhor. É um tempo de autoavaliação e busca de uma sincera conversão. Perante Deus, só podemos reconhecer humildemente, que somos pecadores, que viemos do pó e ao pó voltaremos. Somos frágeis diante da Santidade de Deus e necessitados de Sua Misericórdia.

Disse que a quaresma nos coloca diante de nossa finitude, de nossa fragilidade e nos convida a sermos melhores, a crescer em nossa fé e buscar a santidade, que é a nossa vocação.

Na austeridade deste tempo litúrgico, reforçamos a oração, o jejum e a prática da caridade para dizer: Senhor, eu preciso de Ti! Senhor, eu preciso do Teu perdão!

Oração, jejum e caridade, exercícios próprios da quaresma, são atitudes que devem marcar toda a vida cristã. A oração nos conecta com Deus, o jejum nos fortalece para fazer a vontade de Deus e a caridade, que é essencial à fé cristã, é o olhar para o outro, sem ignorar suas necessidades. Essas práticas, que exercitamos durante a vida, são sinais de nossa conversão, de transformação interior e exterior.

Também na leitura do Evangelho de São Mateus (Mt 6,1-6.16-18), Jesus nos recorda que esses exercícios da caridade, oração e jejum devem ser feitos unicamente diante de Deus, buscando somente a Sua recompensa e, dessa forma, exortou-nos a ter cuidado para que a nossa prática religiosa não seja um modo de mostrar a nossa bondade diante dos demais, mas que seja uma forma de viver, com sinceridade, a nossa fé, perante o Senhor Jesus.

Finalizou citando a frase contida no Missal: Aqueles que praticam a oração, o jejum e a caridade buscando apenas serem vistos, os vaidosos, terão como castigo aquilo que buscavam, apenas a si mesmos.

Nós não buscamos a nós mesmos, nós buscamos a Deus e é a Deus que queremos encontrar!

Pe. Vagner Apolinário, SVD

Neste ano, tendo em vista as medidas sanitárias impostas pelo Covid-19 e obedecendo as diretrizes do Vaticano, o rito das cinzas foi celebrado de modo diferente. Pe. Vagner abençoou as cinzas com água benta e, do altar, pronunciou uma única vez a fórmula: “Convertei-vos e crede no Evangelho”. Depois distribuiu as cinzas nas cabeças dos fiéis e não na fronte, como era de costume.

Confira AQUI AS FOTOS

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.
0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.