Posts

Missa da Noite de Natal – 24 de dezembro de 2020

O povo que andava nas trevas viu uma grande luz. Para os que habitavam nas sombras da morte, uma luz resplandeceu. (Is 9,1)

Nesta noite de natal, duas missas foram realizadas em nossa paróquia. A primeira foi celebrada às 19h pelo nosso vigário Pe. Carlos que, em sua  homilia, nos falou da humildade do nascimento do Menino Jesus, que escolheu nascer na simplicidade para dar, principalmente aos mais fragilizados e pequeninos, a facilidade de se aproximar desse salvador que é o Príncipe da Paz e que é a luz. Para que possamos segui-lo, temos que viver na reconciliação, no perdão, na caridade, na escuta do anúncio de Deus. Na força da frase do anjo aos pastores “Não tenhais medo”, exortou-nos a ter mais fé, pois o natal nos traz esperança. Jesus nasceu e vive no meio de nós. Peçamos perdão pela nossa falta de fé, pela nossa falta de entrega. Hoje nasceu para nós um salvador que é o Cristo Senhor!

A missa das 21h foi celebrada pelo nosso pároco, Pe. Vagner, que nos disse que as trevas às quais se refere o profeta Isaías na primeira leitura são o exílio no qual se encontrava o povo de Israel, mas que há trevas maiores. No nosso mundo há muitas trevas, pessoais e coletivas: Há a treva do pecado, a treva da ausência de Deus, a treva da violência em nossas cidades, a treva da desigualdade, do preconceito. Durante este ano de 2020, o mundo teve que conviver com a treva de uma pandemia que transformou nossas vidas, trazendo incerteza, medo e, em alguns casos, acirrando nossas divisões.

Nos motivou dizendo que, no entanto, há esperança: “nasceu para nós um menino, um filho nos foi dado”. Este menino é Deus mesmo que vem nos visitar e habitar entre nós. Ele é a luz que ilumina as nossas trevas. Quando estamos na escuridão não conseguimos enxergar.

A escuridão do mundo não nos detém, porque temos a luz que é Jesus. Ele ilumina o nosso interior e nos capacita a agir segundo a sua vontade. E que, conforme escutamos na segunda leitura, da carta a Tito: “ele nos ensina a abandonar a impiedade, as paixões mundanas e a viver nesse mundo com equilíbrio, justiça e piedade. Ele ilumina primeiro a nós, a cada um de nós individualmente, para que assim, iluminemos o mundo.

Nesse contexto, instruiu que a presença de Deus em nosso mundo se dá de forma discreta, em uma manjedoura, em meio aos animais, pois não havia lugar para eles na estrebaria. Os pastores são os primeiros a receber a notícia. Não eram mensageiros muito críveis, mas é a eles que o anjo anuncia “encontrareis o recém-nascido envolvido em faixas e deitado numa manjedoura”. Uma pobre criança, frágil, em um lugar simples, em uma família simples, revelado a uns pobres e simples pastores. É assim que nosso Deus vem ao mundo. É assim que a luz de Cristo faz sua entrada no mundo. Quem poderia dizer, ao contemplar aquela cena, que Deus mesmo, a luz do mundo, aquele que vem afastar a escuridão estava ali presente?

Finalizou sua homilia dizendo que é assim, irmãos e irmãs, que a luz de Cristo vem a nós, na simplicidade. Esta festa que nós celebramos com grande aparato, com missas solenes, com luzes, com ceias e festas, continua sendo a festa do menino luz, que vem a nós na simplicidade. Ainda hoje ele vem a nós dessa forma. Em pequenos acontecimentos de nossa vida, de maneira simples, sem muito estardalhaço Ele vem a nós. É preciso reconhecer a sua presença e acolhê-lo. Não nos conformemos com a escuridão. Hoje nasceu para nós o salvador, que é Cristo, o Senhor. Deixemos que Ele nos ilumine.

Em seguida, convidou a comunidade a acolher os 6 novos membros do Ministério Extraordinário da Sagrada Comunhão Eucarística – MESCE:

Diogo Sousa
Evelyne Zoraide Ferreira Alves
Frederico Viana Alves
Perolice de Araújo Puccini
Seli Rieck Letterman
Susana Santos Sandes Gomes

Que Deus os abençoe nessa importante missão de levar a Eucaristia aos fiéis doentes e auxiliar o padre na distribuição da comunhão durante as missas.

Confira AQUI AS FOTOS

Santa Missa 24 de Dezembro de 2020, 21h – Paróquia Verbo Divino DF

Missa da Noite de Natal

Primeira Leitura (Is 9,1-6)

Salmo Responsorial (Sl 95)

Segunda Leitura (Tt 2,11-14)

Anúncio do Evangelho (Lc 2,1-14)

— O Senhor esteja convosco.
— Ele está no meio de nós.
— PROCLAMAÇÃO do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Lucas.
— Glória a vós, Senhor.

1Aconteceu que naqueles dias, César Augusto publicou um decreto, ordenando o recenseamento de toda a terra. 2Este primeiro recenseamento foi feito quando Quirino era governador da Síria.

3Todos iam registrar-se cada um na sua cidade natal. 4Por ser da família e descendência de Davi, José subiu da cidade de Nazaré, na Galileia, até a cidade de Davi, chamada Belém, na Judeia, 5para registrar-se com Maria, sua esposa, que estava grávida. 6Enquanto estavam em Belém, completaram-se os dias para o parto, 7e Maria deu à luz o seu filho primogênito. Ela o enfaixou e o colocou na manjedoura, pois não havia lugar para eles na hospedaria.

8Naquela região havia pastores que passavam a noite nos campos, tomando conta do seu rebanho. 9Um anjo do Senhor apareceu aos pastores, a glória do Senhor os envolveu em luz, e eles ficaram com muito medo. 10O anjo, porém, disse aos pastores: “Não tenhais medo! Eu vos anuncio uma grande alegria, que o será para todo o povo: 11Hoje, na cidade de Davi, nasceu para vós um Salvador, que é o Cristo Senhor. 12Isto vos servirá de sinal: Encontrareis um recém-nascido envolvido em faixas e deitado numa manjedoura”. 13E, de repente, juntou-se ao anjo uma multidão da corte celeste. Cantavam louvores a Deus, dizendo: 14“Glória a Deus no mais alto dos céus, e paz na terra aos homens por ele amados”.

— Palavra da Salvação.
— Glória a vós, Senhor.

Neste tempo de afastamento físico, precisamos mais do que nunca da união dos católicos para manutenção da nossa Igreja (comunidade, Paróquia e Arquidiocese). Assim, estamos deixando aqui a conta da paróquia e contamos com a generosidade para doação de qualquer quantia.
Banco do Brasil
Ag:1003-0
Conta: 431059-4
Ver no YouTube

Seresta de Natal – 7 de dezembro de 2019

2019 está terminando.

Foram muitas Reuniões, formações, tríduos, novenas, festas, visitas, oficinas, encontros, cercos, vigílias, seminários, romaria, retiros etc., com destaque especial para as diversas atividades realizadas em preparação ao ano jubilar arquidiocesano, a ser celebrados em 21 de abril de 2020, e as relativas ao mês missionário extraordinário, ocorrido em outubro. Após um ano inteiro repleto de atividades, para fechar o calendário de eventos sociais, foi realizada ontem a tradicional seresta de natal de nossa paróquia.

Momentos de muita descontração e alegria marcaram a festa.  A animação musical ficou a cargo de Márcia Ayalla e Vilmar, que abrilhantaram a seresta com um excelente repertório.

Nota 10 para as equipes de trabalho. Tudo muito lindo, limpo, organizado e com um atendimento cordial, características que fazem parte dos eventos realizados com toda dedicação e apreço, em nossa paróquia.

O cardápio não ficou para trás. A equipe da cozinha deu um show, não somente de sabor, mas também de beleza nos pratos servidos. As saladas estavam verdadeiras obras de arte. Foram servidos um delicioso bacalhau, pernil, além de outras delícias natalinas.

Pe. Denzil se despediu dos presentes e apresentou o Pe. Vagner, novo pároco que tomará posse na próxima quinta-feira, 12. Pe. Vagner fez as honras da casa e abençoou os alimentos servidos no bufê.

A Paróquia do Verbo Divino deseja a todos um feliz natal e um ano novo repleto das bênçãos de Deus!

“O anjo disse-lhes: “Não temais, eis que vos anuncio uma Boa-Nova que será alegria para todo o povo: hoje vos nasceu na Cidade de Davi um Salvador, que é o Cristo Senhor” (Lc 2, 10-11)

Confira AQUI AS FOTOS do evento

Programação de Final de ano

Fique por dentro da Programação de Final de ano da Paróquia do Verbo Divino:

Noite de vigília, gratidão e reflexão

O Natal está batendo à nossa porta, portanto, é tempo de voltar o coração a Deus! Essa mensagem ficou em destaque na liturgia de hoje. “É tempo de alegria e gratidão. Na 1ª leitura, Ana é movida pelo amor a levar Samuel até o templo e a agradecer por Deus ter ouvido sua súplica. No evangelho, Maria louva e reconhece tudo o que Deus fez por ela em seu Magnificat”, explicou o padre Denzil Crasta.

VigíliaPrecisamos manifestar a nossa gratidão a Deus. E por que fazer isso? O paroquiano Weverton Pereira Magalhães, membro da Renovação Carismática Católica, deu uma ajudinha na reflexão. “Foi no presépio, que a gente acha tão bonito, que começou a humilhação de Deus. Ele preparou Maria desde sua concepção, preservando-a do pecado original, planejou tudo, desde a manjedoura, porque já sabia que o Filho dela iria sofrer. Aqui começa o plano louco de Deus que se fez homem para nos salvar”, esclarece.

E, como estamos no Ano do Laicato, foi preciso explicar a ligação desse dom da gratidão com o papel do leigo na Igreja, que é o de servir Jesus. Já parou para pensar se você tem sido mesmo um leigo na Igreja ou um leigo da Igreja trabalhando no mundo? Sua vida tem coerência com sua fé? Weverton enfatizou o exemplo que o leigo precisa seguir: “Muitos amigos e familiares jamais abrirão uma bíblia, mas se nós formos uma bíblia para eles, eles vão se converter. Que eu tenha coragem de ser leigo em missão no mundo e não só uma pessoa escondida na Igreja”.

Nesse tempo tão curto que ainda falta para o Natal, ainda é possível agir de forma concreta: fazer as pazes com um parente ou vizinho, dar mais atenção aos seus filhos,um beijo na esposa, cumprimentar quem passa na rua e desejar sinceramente que paz de Deus esteja com ele. Nada que nos arranque um pedaço, mas que demonstre que somos espelhos de Cristo, gratos a Ele por todas as maravilhas que o Senhor faz em nossas vidas. Glórias e louvores a ti, Senhor!

 

VEJA AS FOTOS DA VIGÍLIA DE NATAL

Eventos

Nothing Found

Sorry, no posts matched your criteria