Cerco de Jericó

Um novo sentido para alegria foi o que o padre proclamou na Santa Missa

Na chegada da meia-noite, o sacerdote convidado para celebrar a Missa da Alegria do X Cerco de Jericó, padre Douglas, vigário da paróquia São José de Vicente Pires, colocou a comunidade a refletir acerca do verdadeiro sentido da alegria, difundido de forma errônea pela sociedade, e que tem toda a sua essência baseado no Mistério da Paixão de Jesus Cristo.

Cerco de JericóAssim, o verdadeiro cristão coloca sua felicidade no morrer para viver, e não no “ter”, tão pouco no “possuir”. Infelizmente são colocadas muitas condições para esse sentimento e não se deixa perceber que as coisas são mais simples do que parecem. “Euforia não é alegria, a alegria é a fortaleza que vem de Deus, independente das barreiras que se encontram pelo caminho. Ser alegre é estar com o Senhor e ser feliz não significa estar distante de sofrimentos”, afirmou o sacerdote.

Ele disse ainda à comunidade que a alegria está relacionada com a “demora no Senhor, com o aguardar o tempo de Deus”. O que se faz é aguardar uma condição perfeita para dizer “sou feliz”, o que não vai ao encontro dos preceitos de Deus. Finalizando a bela homília, padre Douglas disse que “problema todos temos e teremos, o importante é estar com Deus. Inclusive são as dificuldades que, muitas vezes, nos fazem estar diante do Senhor, que é a verdadeira graça, Aquele que é a fonte de bençãos e alegria”. Ao final da celebração, os presentes foram abençoados com a aspersão da água.

Veja mais fotos

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *