Missa do envio missionário do Pe. Ronaldo de Oliveira, SVD – 27 de dezembro de 2020

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Na alegria da oitava do natal, dia também da festa da Sagrada Família, com muito carinho, nosso pároco, Pe. Vagner, com votos de feliz natal, acolheu a comunidade, o Pe. Ronaldo de Oliveira, SVD, que consigo presidiu a celebração e os concelebrantes, Pe. Djalma Antônio da Silva, SVD, ex-Superior Provincial da Congregação do Verbo Divino, atual Diretor do Centro Missionário da CNBB, em Brasília e nosso vigário, Pe. Carlos.

Nascido no Gama-DF e ordenado em fevereiro deste ano, Pe. Ronaldo segue como missionário para anunciar o evangelho além fronteiras, nas terras do Japão, em janeiro.

Em sua homilia, Pe. Ronaldo saudou a comunidade e nos falou da celebração da festa da sagrada família. É Deus que, em sua bondade e misericórdia, se encarna no meio da humanidade, no seio de uma família, que é o projeto que nasce de Seu coração. Ele assim o quis para mostrar à humanidade o valor do pai, da mãe, dos filhos e de toda a descendência.

Instruiu que a 1ª leitura faz uma hermenêutica do 4º mandamento da lei de Deus “Honrar pai e mãe”. Devemos honrar os nossos pais porque são um dom de Deus para nós. Falou-nos das consequências práticas desse mandamento, quais são as ações concretas do cumprimento deste mandamento e da beleza dos costumes de se tomar a benção dos pais, da reunião da família ao redor da palavra de Deus, de se sentar à mesa para partilhar o pão de cada dia e do diálogo em família. Frisou que tudo isso é vontade de Deus.

Da mesma forma, na 2ª leitura, Carta aos Colossenses, Paulo é incisivo e objetivo com aquela comunidade, exortando-os também sobre o valor da família.

Essa família se expande, não está apenas no núcleo pai, mãe e filho, mas todo aquele que deposita sua fé em Jesus, entra para família de Deus.

No evangelho, Maria e José vão ao templo apresentar o Menino Jesus e encontram Simeão e a profetisa Ana. Simeão, assim que O vê, reconhece Nele a salvação prometida. Estava ali, diante de seus olhos, o Messias que o Senhor, desde muito tempo, havia prometido a seu povo. Em Jesus, esse Messias, então, se faz realidade. Deus está ali, mas somente reconhece a Sua manifestação, aquele que tem um coração pobre e desprendido de tudo. Aquele que, de fato, está aberto à Sua ação. Assim acontece também com a profetisa Ana, que era viúva.

Questionou o que é celebrar a sagrada família, neste ano de 2020. Sabemos os problemas que as nossas famílias enfrentam. Disse que hoje, Deus nos convida a refletir o porquê desses problemas. Qual é a Raiz? Muitas vezes não estamos vivendo, de fato, esse mistério da encarnação em nossas casas. Não estamos sabendo reconhecer que Deus está na singeleza da manjedoura, na pequenez das coisas. Deus está ali, quando o amor verdadeiramente existe no meio de nós.

Cabe a nós, como discípulos e discípulas de Jesus, fazer com que essa Palavra de Deus seja uma realidade em nossas casas, por mais difícil que isso seja. A nossa confiança está nesse Deus que se fez carne e habitou entre nós.

Convocou-nos a pedir, neste dia tão especial, que nossa Senhora, São José e o Menino Jesus abençoem a cada um de nós e nossas famílias e que a luz que emana da Gruta de Belém, possa dissipar as trevas dos nossos corações.

Sagrada Família de Nazaré, a nossa família Vossa é!

Confira AQUI AS FOTOS

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.
0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *